segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

Quem disse que cabelo não sente




Cabelo, cabeleira, cabeluda, descabelada

Cabelo, cabeleira, cabeluda, descabelada

Quem disse que cabelo não sente

Quem disse que cabelo não gosta de pente

Cabelo quando cresce é tempo

Cabelo embaraçado é vento

Cabelo vem lá de dentro

Cabelo é como pensamento

Quem pensa que cabelo é mato

Quem pensa que cabelo é pasto

Cabelo com orgulho é crina

Cilindros de espessura fina

Cabelo quer ficar pra cima

Laquê, fixador, gomalina

Cabelo, cabeleira, cabeluda, descabelada

Cabelo, cabeleira, cabeluda, descabelada


Quem quer a força de Sansão

Quem quer a juba de leão

Cabelo pode ser cortado

Cabelo pode ser comprido

Cabelo pode ser trançado

Cabelo pode ser tingido

Aparado ou escovado

Descolorido, descabelado

Cabelo pode ser bonito

Cruzado, seco ou molhado


arnaldo antunes

2 comentários:

Clarissa disse...

Oi, Rose. Que bacana o seu blog. Vi que vc gosta de Arnaldo Antunes e há pouco tempo colocamos no ar um artigo sobre ele, no HowStuffWorks - Como tudo funciona : http://lazer.hsw.uol.com.br/arnaldo-antunes.htm
Espero que goste!
Abraços

Rose Sztibe disse...

Oi, Clarissa.
Adorei a dica. Não conhecia o HowStuffWorks. Já colequei nos favoritos.
obrigada pelo carinho.
abçs.