terça-feira, 20 de novembro de 2007

Toda vez que eu dou um passo o mundo sai do lugar






O cantor, compositor e rabequista Siba Veloso e a Fuloresta, músicos da zona da mata pernambucana, maracatu rural, lançaram o álbum Toda vez que eu dou um passo o mundo sai do lugar.
As ilustrações da capa e encarte do CD são dos artistas grafiteiros Osgêmeos, Gustavo e Otávio Pandolfo. Bela parceria. Interessante fusão entre rural/urbano/pernambucano/paulista.
Dos muros da cidade para os museus e galerias de arte, os grafitis se integram à imagética contemporânea.


12 LINHAS
Em cada palmo de terra
Tem uma cruz enfincada
De quem morre em emboscada
De fome ou por acidente
Em qualquer um continente
Um conflito tumultua
Em cada beco de rua
Uma criança infeliz
Que o pai gerou e não quis
A mãe pariu e deixou
E ela se transformou
Numa vítima do país
(siba/zé galdino)







Um comentário:

Elizabeth disse...

Interessantíssimo o seu blog.
Diferente, Sensível, Apaixonante.
Gostei muito. Parabéns!