sexta-feira, 13 de junho de 2008

tire o carro da cabeça


A CETESB, agência ambiental paulista, acabou de divulgar o relatório anual de qualidade do ar. Os dados confirmam o aumento da poluição atmosférica na cidade de São Paulo e na Região Metropolitana. O nível de concentração de ozônio superou o índice máximo recomendado em 72 vezes. Isso significa um aumento de 56% em relação a 2006.

O ganho que tivemos com o aperfeiçoamento tecnológico da indústria automobilística - vendendo carros menos poluentes, com injeção eletrônica e catalisadores - já se perdeu. O impacto gerado pela quantidade de carros em circulação supera essa melhoria.

Lembrando: a cidade de São Paulo tem 1 carro para cada 1,4 habitante. Imobilidade e ar sufocante. Deixe o carro em casa. Use transportes coletivos. Vá de bike, de skate, vá a pé. Com certeza, você chegará antes. E sairemos do sufoco.

Um comentário:

Elizabeth disse...

Interessante essa foto com o carro na cabeça. É a mais pura verdade, o paulistano adora um carro e é por isso que não temos mais como respirar . Até o Parque do Ibirapuera com todo aquele verde, já está totalmente poluído. Às vezes sinto saudade dos velhos tempos, não tínhamos tanta tecnologia, mas tínhamos uma vida mais saudável. Que pena que o ser humano não enxerga isso!